Somos movimento!

Somos movimento!

No Encontro ME 2022, fomos chamados a relembrar da nossa VOCAÇÃO: ser e fazer discípulos. A história muda, o mundo muda, mas a essência permanece. Vivemos tempos bem diferentes do que há cinco anos atrás. Tudo muda rapidamente. É um novo mundo em movimento.

No ‘aqui’ também há solo santo

dez 6, 2019 | Artigos, Intercâmbios

“Ide por todo mundo e pregai o evangelho a toda criatura” Marcos 16.15, tem sido o famoso versículo da missão. O cristão é encarregado, pelo próprio filho de Deus, a ser mensageiro da boa nova: Ele Vive! E não é necessário atravessar o atlântico para fazê-lo, somos convidados a partilhar isso em solo santo, perto de nós. 

Se hoje temos acesso ao evangelho e ouvimos a mensagem da cruz é porque várias outras pessoas cumpriram essa ordem messiânica. Mas em algum determinado momento na história da igreja, começamos a focar em alguns lugares específicos. E talvez, foi estabelecido a “disneylândia da missão”. Precisa-se de pessoas que saiam dos seus lugares para fazer com que Jesus seja conhecido, pessoas lá longe precisam mudar sua vida, por isso enviamos outras com a boa notícia para lá. E que maravilha! Aos encarregados de levar a boa nova, foi dado o nome de ‘missionário’. Mas e o restante da igreja cristã?

O novo desafio tem sido entender que a missão acontece lá e é necessário de apoio e pessoas fazendo o trabalho lá. Mas, a missão também acontece aqui. Ser cristão na família, na profissão, na vizinhança também é ser missionário. É espalhar a boa nova sem sair do local de origem. Um paradigma foi quebrado, o missionário não é mais aquele que atravessa o atlântico, mas sim aquele que prega a boa nova seja na sua cidade natal ou em meio a perseguição. O cristão é chamado a ser missionário onde quer que ele esteja.

Êxodo 3 relata a história de como o Senhor se encontra com Moisés, porém no versículo 5 há um fator interessante: “então disse Deus: ‘Não se aproxime. Tire as sandálias dos pés, pois o lugar em que você está é terra santa’.” Esse relato mostra profundo cuidado e reverência com a terra santa, mas mais do que o lugar específico, é porque ali também Deus está. E onde Deus está, ali o Espírito Santo está agindo. A terra santa, onde Deus está, também são as pessoas que estão sedentas procurando por respostas e principalmente que ainda não conhecem Jesus. Ao nosso redor há vários corações que são terra santa, vidas em que Deus está agindo e trabalhando. Nós somos convidados a tirar as nossas sandálias e servir na vida dessas pessoas. Somos convidados a iniciar a missão aqui, com as pessoas que estão ao nosso redor.

A Noruega tem sido um desafio para mim. No cotidiano, em um país onde a fé é algo extremamente particular, tenho a oportunidade de encontrar histórias. Essas histórias formam a vida de pessoas e sinto que Deus me olha e diz: “Natália, tire as sandálias, porque aqui é solo santo”. No coração de pessoas que estão a minha volta, vejo que Deus quer fazer grandes mudanças, vejo que Deus quer dar um sentido de vida. A minha função é testemunhar esse amor de Deus, tirar minhas sandálias e em extremo cuidado e simplicidade ser ferramenta para essa nova pessoa chegar a fé.

Entre tirar as sandálias, conhecer novas histórias e espalhar mais do amor de Deus, tenho aqui a oportunidade de trabalhar em um local de fazer velas. Knausen Lys é uma fábrica da sociedade missionária norueguesa, NMS. O intuito deste local é reciclar velas que são doadas e revender arrecadando dinheiro para missão. Nesta fábrica de velas, há voluntários extremamentes profissionais fabricando velas em formato de corações. A profissionalidade deles, o amor com o qual eles desempenham aquele trabalho, também é missão. O reformador Lutero sempre falava sobre fazer o melhor em sua profissão, isso é uma forma de servir o reino de Deus. Aqueles voluntários, com certeza, estão desenvolvendo o melhor naquele lugar. Estão tirando suas sandálias e servindo.

Como a missão é em todo lugar, isso não é algo exclusivo para a minha vida na Noruega. Você também é convidado a olhar as pessoas ao seu redor e procurar aquelas que Deus irá te falar: ‘tire as sandálias, porque aqui é solo santo’. O nosso cotidiano é um local cheio de solos santos, cabe a nós tirar nossas sandálias e servir nesses corações permitindo que Deus trabalhe.

Natália Lemmertz
Intercambista do Programa Connect 

Fique por dentro do que acontece no ME!

Somos movimento!

Somos movimento!

No Encontro ME 2022, fomos chamados a relembrar da nossa VOCAÇÃO: ser e fazer discípulos. A história muda, o mundo muda, mas a essência permanece. Vivemos tempos bem diferentes do que há cinco anos atrás. Tudo muda rapidamente. É um novo mundo em movimento.