Nem sempre o Feliz Dia das Mães é um dia feliz

É muito comum, no mundo contemporâneo, a comemoração do Dia das Mães no segundo domingo de maio. Esta data já se tornou sinônimo de afeto, carinho e consideração pelas mães. É um dia de singular importância sobretudo por reforçar os vínculos familiares. Mas, infelizmente, esse dia não é uma boa lembrança para todas as pessoas. Existem aquelas que sofrem simplesmente por lembrar de uma data assim.

 

Quando o dia das mães machuca

Dia das Mães não é uma celebração para todos. Pode ser, na verdade, doloroso para muitos: uma amiga que perdeu o filho este ano, outro amigo que está comemorando seu último Dia das Mães com sua mãe que agoniza em uma cama de hospital, outras amigas que gostariam de ser mães, mas, por algum motivo, não conseguem, filhos que tiveram (ou ainda tem) mães abusivas. Eu poderia continuar com esta lista por muito mais tempo. Situações como essas são extremamente difíceis, e o Dia das Mães pode servir apenas para intensificar a dor. Como, então, deveríamos tratar esse dia? Igrejas, pastores, amigos e famílias lutam com esta pergunta todos os anos. Ignoramos aqueles que estão sofrendo e continuamos comemorando? Suprimimos a celebração na esperança de diminuir a dor daqueles que estão ao nosso redor? É interessante observar que uma intensa alegria e, ao mesmo tempo, uma profunda tristeza estejam diretamente envolvidas na maternidade. Nada, no entanto, nos surpreenderia se conhecêssemos a nossa história.

 

A maternidade na metanarrativa bíblica

As primeiras palavras registradas por Deus para Adão e Eva implicam a maternidade: “Sejam férteis e multipliquem-se” (Gn 1.28). A maternidade fazia parte do Éden, e deveria ter sido uma experiência de pura alegria.

Mas depois que o casal pecou, ​​Deus pronunciou as consequências dessa rebelião. Para Eva, ele disse: “Multiplicarei grandemente o seu sofrimento na gravidez; com sofrimento você dará à luz filhos” (Gn 3.16). Essa dor vai além da dor física do parto. Ela inclui tudo o que é doloroso a respeito de filhos: aborto espontâneo, infertilidade, crianças rebeldes que se tornam problema aos seus pais.

Mas nós não deveríamos parar a leitura em Gênesis 3. A história continua. Quatro versos depois lemos: “Adão deu à sua mulher o nome de Eva, pois ela seria mãe de toda a humanidade” (Gn 3.20). Apesar da maldição por conta da rebelião contra Deus, a vida viria por meio da mulher e a redenção definitiva viria por meio dessa vida. Note que a primeira coisa que acontece depois que Adão e Eva são expulsos do Éden é um nascimento. É a misericórdia de Deus se manifestando mesmo em meio à maldição.

Muitos anos mais tarde, o próprio Cristo viria, “nascido de mulher”, para trazer salvação ao seu povo e quebrar, de uma vez por todas, toda a maldição (Gálatas 4.4 e Gênesis 3.15). Até a redenção final de todas as coisas, no entanto, os efeitos da maldição ainda estarão bem presentes em nosso meio. Assim sendo, a maternidade continuará sendo uma mistura de grande alegria e de tremenda dor.

Neste Dia das Mães, chore por si mesmo e por aqueles que você ama e que lamentam a infertilidade, abortos, e tantas outras consequências da maldição. Ao mesmo tempo, alegre-se por tudo o que é bom a respeito da maternidade. A mesma maternidade que brilha como um testemunho da bondade, misericórdia e redenção de Deus. Comemore a vida, exalte os atos louváveis ​​de cada mãe e louve a Deus porque ele vai, finalmente e completamente, colocar tudo em ordem e enxugar cada lágrima de nossos olhos. Tudo isso, por meio de uma mulher.

Feliz Dias das Mães!

Jonatan Neumann

Coordenador de Ministérios ME

segunda-feira, 06 Maio 2019

Encontro de Lideranças

22 e 23 de junho, em Porto Alegre/RS

Encontro de Obreiros

24 a 27 de junho, em Florianópolis/SC

Mais do ME

O compartilhar da vida no compartilhar da sala de estar

O compartilhar da vida no compartilhar da sala de estar

A terra santa, onde Deus está, também são as pessoas que estão sedentas procurando por respostas e principalmente que ainda não conhecem Jesus. Ao nosso redor há vários corações que são terra santa, vidas em que Deus está agindo e trabalhando. Nós somos convidados a tirar as nossas sandálias e servir na vida dessas pessoas. Somos convidados a iniciar a missão aqui, com as pessoas que estão ao nosso redor.

ler mais

Billie Eilish a popstar da Geração Z

“Pop star do terror” e “artista das sombras” são apenas dois dos apelidos dados para Billie Eilish, uma cantora de apenas 18 anos que ficou muito famosa entre milhões de adolescentes pelo apelo em suas canções sobre amores da adolescência, depressão, perda, ansiedade e auto imagem.

O compartilhar da vida no compartilhar da sala de estar

A terra santa, onde Deus está, também são as pessoas que estão sedentas procurando por respostas e principalmente que ainda não conhecem Jesus. Ao nosso redor há vários corações que são terra santa, vidas em que Deus está agindo e trabalhando. Nós somos convidados a tirar as nossas sandálias e servir na vida dessas pessoas. Somos convidados a iniciar a missão aqui, com as pessoas que estão ao nosso redor.

Tenha esperança por algo que não te decepciona

Colocar nossa esperança em Cristo é a única garantia de sermos correspondidos. Não por nossos próprios méritos, mas porque é uma promessa de Deus para cada cristão. Depositar nossos desejos e vontades nele é a única maneira de não sermos decepcionados. Só Ele é a esperança que não decepciona.

Selecionados para o Intercâmbio ME 2020/21

Veja quem foi selecionado para o Intercâmbio ME 2020, Noruega e França.

No ‘aqui’ também há solo santo

A terra santa, onde Deus está, também são as pessoas que estão sedentas procurando por respostas e principalmente que ainda não conhecem Jesus. Ao nosso redor há vários corações que são terra santa, vidas em que Deus está agindo e trabalhando. Nós somos convidados a tirar as nossas sandálias e servir na vida dessas pessoas. Somos convidados a iniciar a missão aqui, com as pessoas que estão ao nosso redor.

Mais de 2000 jovens participam de encontrões regionais

Todos esses encontros e temas discutidos são importantes para que haja um despertar de pessoas e vocações a partir da ação do Espírito Santo, além de proporcionar contatos entre jovens que clamam pelo Reino de Deus em várias partes do país.

Discipulado – vontade de Deus para o povo de Deus

Estamos produzindo discípulos maduros que imitam Cristo, constantemente servindo os outros? Se a resposta é “não”, então por que existimos? Jesus está dizendo que quem realmente está disposto a tornar-se cristão vai andar no mesmo ritmo dele, vai seguir seus passos e fazer o que Ele fazia: discípulos.

ME na assembleia da Alianza Evangélica Latina

Sou muito grato a Deus de ver coisas impactantes que Ele está fazendo e também de que a AEL, começa a ser boa referência e ousada em nortear e motivar com temas para os próximos 10 anos.

Fatos marcantes da Reforma Protestante

31 de outubro de 1517 foi o ponto de partida do movimento da Reforma. Nesta data, o teólogo Martim Lutero difundiu suas “95 teses”, frases curtas nas quais criticava o comércio das indulgências – um sistema de perdão dos pecados da Igreja Católica de São Pedro no Vaticano –  e questionava a autoridade do Papa Leão X  que o excomungou em 1521. 

Uma espiritualidade saudável que dá sentido à vida

Em uma sociedade hedonista e uma igreja muitas vezes triunfalista onde a dor e o sofrimento são facilmente identificados com a ausência de espiritualidade urge a necessidade de se falar sobre o suicídio para que essa compreensão seja mudada e que mais pessoas se tornem sensíveis à dor e ao sofrimento ao seu redor.

Espiritualidade emocionalmente saudável

Durante o segundo encontro do SOMA, uma turma de mais de 30 jovens tiveram a oportunidade de aprender um pouco mais sobre uma vida espiritual e emocional saudáveis, como elas estão ligadas entre si, quais as cargas familiares positivas e negativas que carregam e como esses fatores influenciam para o desenvolvimento da própria personalidade.

Abraão e os 300

Abrão foi chamado por Deus para deixar sua casa e partir para uma terra que o próprio Senhor mostraria a ele, sob a orientação de que deixasse tudo para trás – parentes inclusive. Contrariado ele leva um dos seus sobrinhos, o qual mais tarde iria causar algumas dores de cabeça para Abrão.

Tenha esperança por algo que não te decepciona

Tenha esperança por algo que não te decepciona

Colocar nossa esperança em Cristo é a única garantia de sermos correspondidos. Não por nossos próprios méritos, mas porque é uma promessa de Deus para cada cristão. Depositar nossos desejos e vontades nele é a única maneira de não sermos decepcionados. Só Ele é a esperança que não decepciona.

ler mais

#somosME

O Encontrão nasceu como um movimento e quer continuar assim. Para que isso aconteça, a sua participação é essencial. Entre com contato e faça a sua doação.

Newsletter

Assine e fique por dentro de tudo o que acontece no ME.

Email Marketing by E-goi Email Marketing by E-goi

Siga-nos

e tenha atualizações regulares, em tempo real.