31

OUTUBRO, 2018

por Airton Palm
Diretor de Parcerias

Ir a Sta Cruz de La Sierra – Bolívia, para a V Assembleia da Aliança Evangélica Latina – AEL (de 09 a 12 de outubro), foi simbólico em vários sentidos e isso aparecerá nessa nota. Os bolivianos já queriam ter sediado uma assembleia dessas em 2015, mas a comunicação não fluiu e não deu certo. A cada instante éramos surpreendidos por esse povo tão hospitaleiro. Além disso, o apoio majoritário não foi de empresários ou governos, mas das igrejas locais e nacionais. Claro que era inevitável ignorar a chegada das delegações de 22 países, ao mesmo tempo, também de nós estrangeiros não percebermos a delicada situação política do país. Numa noite cruzamos com uma grande manifestação popular no centro da cidade.

Numa tarde foi inaugurado um monumento à Vida, Família e Liberdade, nessa cidade, que é o coração da América do Sul. Algo simbólico que refletia o que permeou as discussões plenárias, motivou a produção de uma Declaração de Santa Cruz de la Sierra (em anexo) e nos fez constituir uma Comissão de Dignidade Humana, Família e Sociedade. Podem imaginar que já existem boas contribuições/reflexões disponíveis e que tenho certeza, são inéditas no Brasil. As discussões foram equilibradas, abrangentes, isentas e profundas mantendo-se o zelo pelo critério bíblico. Várias alianças nacionais enviaram especialistas para comporem a referida comissão, além das mulheres que formaram uma inédita e bonita delegação que decidiu reunir-se em paralelo para demandas específicas.

Uma nova Junta Diretiva foi eleita e faço parte dela; esse processo ainda precisa amadurecer para contemplar representatividade e funcionalidade. Por fim, chamam a atenção as possibilidades (temáticas, de conexão, capacitação de lideranças, evangelismo, oração, representação, etc), que nos são disponibilizadas ao trabalharmos aliançados. Algumas dessas possibilidades estão ou estarão no site www.aelatina.org.br  Outras, são de interesse interno ou de setores das alianças nacionais. Ou seja, são muitos os subsídios que ganhamos e nos animam para uma integração cada vez maior a esse contexto latino.

Com muita gratidão pelo que Deus está fazendo entre nós.