Nós somos a igreja

Nós somos a igreja

Reserve na sua agenda: 26 a 28 de fevereiro de 2021 – Encontrão Nacional online! Tema: “Não são eles, somos nós!”

A vida da gente, em casa (parte 2)

abr 29, 2020 | A vida é minha

Por causa de nossa conjuntura, alguns permitem que o emprego consuma o melhor e maior tempo de sua vida e acabam negligenciando sua família e sua saúde. E, muitas vezes a esperança está no que se faz. Depois de tantas crises, o Brasil vive uma pandemia, a população sofre (especialmente, os mais carentes), mas somos obrigados a repousar em meio à tempestade e experimentar o Deus que está trabalhando por nós, embora não possamos ver a olhos nus! A ideia de Deus Pai trabalhando destrói aquelas imagens que temos de um Deus sentado no trono, dando ordens e tirando alguns cochilos. Deus trabalha! No Salmo 121.3 diz: o seu protetor não dorme e nem cochila.

No entanto, ele também descansou de sua obra (Gênesis 2.2). Jesus, também nos deixou o exemplo de descansar em meio à tempestade e nos ensinou a não sermos consumidos pela ansiedade ou pânico… “Os discípulos foram acordá-lo, clamando: “Mestre, Mestre, vamos morrer!” Ele se levantou e repreendeu o vento e a violência das águas; tudo se acalmou e ficou tranquilo” (Lucas 8.24).

Talvez, nossa dificuldade maior seja descansar. Estamos tão envolvidos com as questões referentes ao trabalho que, mesmo sendo home-office, ocupamos momentos em que deveríamos descansar, com alternativas para ganhar mais dinheiro. Com toda nossa dificuldade em descansar, agora somos obrigados a encarar esse desafio. Seria essa uma lição que Deus quer nos ensinar?

Ele nos incentiva a relaxar e descansar de tempos em tempos. Portanto, não devemos ficar tão envolvidos com o trabalho a ponto de negligenciar nossa saúde ou nossa família. “Se vocês se decidirem por Deus, vivendo para cultuá-lo, não ficarão aflitos com a comida que terão de por na mesa ou se o guarda-roupa está fora de moda. Há muito mais coisas na vida do que a comida que vai para o estomago! Há muito mais coisas para se ver que as roupas que vocês usam”. (Mateus 6.25, 31)

Uma vida de paz é possível entre pessoas e ocupações diferentes, quando refletimos sobre valores e seguimos princípios para resolver nossos dilemas. Para isso diferencie entre o essencial e o secundário. Quantas vezes brigamos por algo que daqui a pouco tempo não terá valor algum para nós mesmos?


Airton Härter Palm
Diretor de parcerias do ME. Mora em Curitiba/PR. Missionário plantador da Comunidade Vivenda.

Foto: Sue Zeng (unsplash)

Fique por dentro do que acontece no ME!

Nós somos a igreja

Nós somos a igreja

Reserve na sua agenda: 26 a 28 de fevereiro de 2021 – Encontrão Nacional online! Tema: “Não são eles, somos nós!”